50 Tons do Avesso – Crítica do livro 50 tons de cinza

Tags

, ,

20180818_211956

Cinquenta Tons de Cinza é um romance erótico best-seller da autora inglesa Erika Leonard James publicado em 2011. O livro integra a trilogia Fifty Shades (Cinquenta Tons), que conta a historia de Anastasia Steele e Christian Grey no mundo sadomasoquista.

A trilogia foi um grande sucesso, tornando-se mundialmente conhecido como o romance britânico mais vendido de todos os tempos. Com aproximadamente 125 milhões de cópias vendidas no mundo todo.

Em alguns momentos o livro retrata um romance clichê como qualquer outro, um jovem rico que se apaixona pela plebéia, mas até chegar a esse ponto fica transparente o machismo condicionado na sociedade de Grey com suas atitudes.

Fetiche sexual, sexo demasiadamente prazeroso é algo que faz parte do cotidiano de muitas pessoas, mas o que vimos não foi isso, mas sim um homem machista que sente prazer em controlar e punir uma mulher, porque ele não faz isso apenas nos dias acordados do contrato, mas em todos os momentos.

Não podíamos deixar de falar também do fato de que o sexo não pode ser saboreado, mas é necessária uma justificativa como um abuso para ter uma fantasia ou preferência sexual. Acredito que se o sexo em si fosse retratado como uma escolha dos dois fugiria do machismo, mas ao optar por justificar as atitudes de Grey através de um abuso sofrido na adolescência, deixa uma incógnita sobre o seu comportamento.

Outro ponto que gostaria de dar relevância é o fato de Ana não apreciar inicialmente o sadomasoquismo, ela tinha a ilusão de um príncipe encantado, de um romance daqueles de tirar o fôlego, não esperava algo tão inusitado.

Por que não uma mulher de personalidade mais forte e autentica?

Ela foi submissa deste o primeiro momento, não uma escolha ou uma fantasia sexual. O prazer é saber do que gosta, ela era ingênua e sem opinião. Como diz o ditado “sexo frágil” foi bem explicito nessa trilogia, sempre uma donzela que precisa ser salva, uma mulher que não consegue dizer o que quer e o que lhe dar prazer.

Claro que não foi algo exuberante tratado com extremo exagero, foi leve, mas é visível o machismo e a submissão da mulher, não apenas no sexo, mas na vida cotidiana.

Enfim o livro num todo é bom, intrigante e excitante, mas deixou alguns pontos a desejar como foi dito anteriormente. Claro que estamos falando de ficção, sendo assim não há motivos para martirizar o livro em geral.

Curta a página: Desafiando as Palavras

Twitter: Nayara Oliveira

Anúncios

Desemprego

Tags

, , , ,

Curriculo

Imagem retirada do Pixabay

Somos escravos da sociedade.

Desde criança somos ensinados que devemos estudar para conseguir um emprego. Após terminar o colegial, somos induzidos a cursar uma graduação para conseguir um emprego melhor ou colocação melhor dentro de uma empresa.

E não para por aí, é necessário uma especialização para ter um diferencial no currículo e assim por diante, passamos a vida fazendo cursos e mais cursos para tentar uma chance na vida.

Porém o que todos temos em comum? A falta de experiência na área. O que ironicamente fica difícil conseguir sem oportunidade, pois praticamente todos os anúncios de emprego pedem EXPERIÊNCIA.

Quando finalmente conseguimos uma entrevista somos avaliados pela aparência ou o que estamos vestindo, pela renda da família, se temos ou não veiculo próprio, se conhecemos ou fomos indicados por alguém dentro da empresa.

Muitos processos seletivos dos quais eu particularmente já participei, foram apenas “fachada” para que o povo acredite que houve um processo seletivo, porém as pessoas que realmente foram contratadas é quem tinha vinculo com alguém na empresa ou foi indicado por algum conhecido do recrutador.

Até mesmo nos cargos públicos temos esse tipo de incoerência, como por exemplo: quando o prefeito da minha cidade foi eleito ele indicou um tanto de gente sem competência alguma para cargos públicos apenas pelo fato de feito campanha eleitoral.

E por ai vai.

Conseguir experiência em uma área, a chance é igual ganhar na loteria.

Claro que temos exceções, tem pessoas que realmente conseguiram um emprego a partir dos seus próprios esforços, mas isso não anula o fato que atualmente estamos vivendo tempos de “quem tem a boca maior engole o outro”.

Recuso-me acreditar que seja necessário entrar no jogo da bajulação para conseguir sair do índice de mais de 14 milhões de desempregados segundo o IBGE.

Curta a página: Desafiando as Palavras

Twitter: Nayara Oliveira

A Mágica do Tempo

Tags

, , , ,

Ampulheta

Imagem retirada do pixabay

Ah tempo… Quisera-me poder te controlar.

Quantas vezes no silencio da noite desejamos voltar atrás, por mais conturbado que foi o passado, ainda assim teria a possibilidade de um futuro. Lembranças deixadas no caminho e a nostalgia que acompanha no dia a dia.

Em um piscar de olhos é possível ver tudo o que marcou e compreender cada erro cometido. É como um filme que passa num flash e por trás a pergunta que nos atormenta a alma: Onde eu errei?

É uma brisa que passa suave e nos mostra quanta felicidade já tivemos nos pequenos e simples momentos. Momentos esses que nos guia, acompanha e acalenta. E nessa brisa a vontade de aperta o replay.

E nesse turbilhão de emoções e momentos, tem pessoas, lugares e sorrisos que fizeram parte dessa historia, seja por um minuto ou uma vida toda.

Ah tempo… Quisera-me poder te controlar.

Com um suspiro voltar no tempo, com um sorriso mudar o passado e com um grito congelar e nele permanecer por uma eternidade.

Dizem que o tempo cura tudo, mas em minha opinião o tempo é como um punhal que pode ferir, mas acalentar. Como dizem “depois da tempestade vem a calmaria”.

Quantas oportunidades, momentos e pessoas que se perderam ao longo do caminho, e quantas mais irão se perder. Mas quantos somos questionados sobre o que é viver, acredito que seja isso. Tudo que passou e tudo que ainda esta por vir, sem retornos ou previsões.

Cruel e bondoso.

Turbulento e calmo.

Incerto e certo.

Assim é o tempo.

Curta a página: Desafiando as Palavras

Twitter: Nayara Oliveira

A vida é imprevisível

Tags

, , ,

tempestade

Imagem retirada do Pixabay

Todos os dias provamos o gosto amargo da incerteza. São tantas perguntas sem respostas, que nos perdemos no meio do caminho tentando achar uma solução para todos os problemas.

Aos pouco perdemos o gosto bom das coisas, o prazer de viver vai se acabando com o passar dos dias.

Sinto brotar uma lágrima no fundo do meu ser, lágrima essa que percorre toda minha alma e me sinto tomada por um medo invencível.

Onde estão os seus sonhos menina? Perdi, disse ela.

Não apenas sonhos, mas tudo o que alimenta a alma é perdido ao longo da vida, medos e incertezas vão tomando formas e lugares.

Como vencer o medo? Eis a pergunta de um milhão de dólares.

A vida tem dessas manias de ser imprevisível, de arrancar sorrisos e lágrimas, dor e prazer, amor e ódio.

O tempo todo é como se estivéssemos andando em um mar congelado prestes a quebrar, cercado por uma imensidão de incertezas. Correr, fugir ou ficar?

Por isso é necessário apreciar cada segundo da vida, os momentos de alegria, pois estes são passageiros. A felicidade em si é efêmera, acredito que seja como um flash, a gente não sabe que é feliz até perder.

Há coisas que duram uma eternidade e outras que deveriam ser imortais, duram o tempo necessário para fazer falta.

O que nos resta é seguir em direção ao incerto, ao desconhecido e imprevisível. Talvez surpreendemo-nos com a mágica da esperança.

 

Curta a página: Desafiando as Palavras

Twitter: Nayara Oliveira

Em Algum Lugar Dentro De Mim

Tags

, , , , ,

mae

Imagem retirada do Pixabay

Mãe!

Por você iria ao fim do mundo em busca de formas de alegrar os seus dias. Buscaria as mais raras ervas para curar sua dor. Passaria dias e noites em claro para ter a certeza que você está bem.

Vivo e morro por você que todos os dias esteve presente em cada passo da minha vida.

O que fazer na falta das ervas? Busco dentro de minha a força de um leão, para te animar e fazer com que por um milésimo de segundos você esqueça as dores.

Procuro em cada traço de felicidade uma dose, para te dar esperança de dias melhores e assim arrancar sorrisos.

Ver você sorrir é como um alimento para minha alma aflita. Sinto que estamos ligadas por um laço que ultrapassa a eternidade, por um amor que é mais que incondicional.

Amarei você até o último sopro da minha vida.

Em algum lugar dentro de mim busco tudo o que é necessário para que os nossos dias sejam cada vez melhores. Dentro de mim tem uma caixinha de surpresas reservadas a você. E é de lá que tiro força, fé e esperança para compartilhar com você em cada momento.

Queria poder transformar nossos dias como num passe de mágica, desta forma nenhuma dor ousaria chegar perto de você, nenhuma lágrima rolaria sua face e nada seria capaz de ferir-te.

Então busco por uma magia alternativa dentro de mim, algo que chamamos de amor, afeto e dedicação. Algo que dia após dia nos guia e fortalece. Por através de todo o sempre o amor está presente em tudo que envolve você.

Como é bom saber que temos uma a outra e que nada seria capaz de destruir esse sentimento tão puro e forte que temos.

Dedico a você tudo que eu conquistei até hoje e tudo que ainda vou conquistar. Você é meu porto seguro, minha amiga e companheira, meu acalento e fortaleza, meu tudo e minha mãe.

Através dos dias e do tempo a única coisa que permanece inalterada é aquilo que guardamos dentro de nós. Sentimentos são o que chamamos de armas com a capacidade de transformar vidas.

Curta a página: Desafiando as Palavras

Twitter: Nayara Oliveira